Weby shortcut
banner_cnmai

Conferência 3

Síntese de Redes de Trocadores de Calor

Mauro Antonio da Silva Sa Ravagnani*

Universidade Estadual de Maringá

 

Em processos industriais existem correntes que necessitam ser aquecidas e resfriadas. Isto é realizado por meio de equipamentos de troca térmica, conhecidos por trocadores de calor. A síntese de uma rede de trocadores de calor RTC consiste em escolher quais correntes trocarão calor com o objetivo de maximizar a recuperação de energia e, consequentemente, reduzir o uso de serviços auxiliares de resfriamento e aquecimento, geralmente feito por água e vapor, conhecidos como utilidades de processo. Dessa forma, devido à possibilidade de diminuir os custos globais da planta, este é um assunto de grande interesse industrial. Nesta apresentação discute-se os principais métodos existentes para solucionar o problema da síntese da RTC: Análise Pinch, métodos baseados em técnicas de Programação Matemática e métodos de otimização baseados em Metaheurísticas.

 

 

Graduado em Engenharia Química pela Universidade Estadual de Maringá - UEM (1986), mestre em Engenharia Química pela Universidade Estadual de Campinas - Unicamp (1989) e doutor em Engenharia Química pela Universidade Estadual de Campinas - Unicamp (1994). Entre 2005 e 2007 realizou pós-doutorado na Universidade de Alicante - UA - Espanha. Foi Diretor do Centro de Tecnologia da UEM entre 1996 e 2000 e entre 2008 a 2010. Foi Pró-Reitor de Pesquisa e Pós-Graduação da Universidade Estadual de Maringá entre 2010 e 2014. Nesse período foi membro do Diretório Nacional do Fórum de Pró-Reitores de Pós-Graduação e Pesquisa das Instituições de Ensino Superior Brasileiras (FOPROP), tendo sido coordenador do FOPROP SUL no ano de 2011, coordenador do segmento das Instituições Estaduais e Municipais no ano de 2012, vice-presidente no ano de 2013. No ano de 2014 foi presidente do FOPROP, tendo sido membro do Conselho Superior (CS) da CAPES, do Conselho Deliberativo (CD) do CNPq, do Conselho Técnico Científico da Educação Superior (CTC-ES) e do Conselho de Administração do Centro de Gestão e Estudos Estratégicos (CGEE). Atualmente é Professor Titular e coordenador do Programa de Pós-Graduação em Engenharia Química da UEM. Tem experiência na área de Engenharia Química, com ênfase em Operações Industriais e Equipamentos para Engenharia Química, atuando principalmente nos seguintes temas: otimização, minimização do consumo de energia e água em processos industriais, análise pinch, redes de trocadores de calor, programação matemática, projeto de processos, síntese de processos e projeto de equipamentos.

Listar Todas Voltar